Varejista: descubra o que você pode estar fazendo de errado com a contabilidade do seu negócio!

Quando se trata de varejo, é muito comum ver alguns lojistas pouco familiarizados com as rotinas contábeis do seu negócio, o que acarreta em alguns erros bastante comuns que, na maioria das vezes, poderiam ser facilmente evitados.

Existem inúmeras medidas que, em sincronia com o trabalho de um bom escritório contábil, podem ser tomadas para prevenir situações que colocariam seu negócio em maus lençóis.

Por isso, nós listamos 5 erros muito comuns que costumam ser cometidos por boa parte dos lojistas e a melhor forma de evitá-los. Confira!

 

 

  1. Não assumir o controle das vendas

Em lojas que estão sendo inauguradas e seu fluxo de vendas ainda não é alto, é muito comum ver lojistas deixando de lado o controle desse número. Mas isso pode colocar seu estabelecimento em uma situação complicada assim que atingir um pico de vendas.

Isso acontece porque, a partir do momento em que você não possui a informação de quando, por quanto e o que foi vendido, suas decisões passam a ser tomadas com base no achismo. E isso pode ser muito prejudicial quando seu volume de vendas aumentar.

Uma boa solução para evitar que sua loja chegue a esse ponto, é adotar uma rotina de gestão de estoque e fluxo de caixa. Com isso, fica mais fácil analisar os padrões e as tendências, facilitando a sua vida na hora de fazer novos pedidos e diminuir o tempo de giro do estoque.

 

  1. Não realizar inventário regular dos estoques

 

Na hora de reabastecer o estoque, alguns lojistas continuam repetindo sempre o mesmo pedido indefinidamente, até a hora em que percebem que possuem mais produto em estoque do que a demanda da sua loja. Isso acontece por causa da falta de controle e inventário dos estoques.

Quando não se tem controle do estoque, o resultado sempre será a compra de produtos mais do que o necessário, enquanto outros itens estarão faltando nas prateleiras e, o mais importante, a perda de grandes oportunidades de negociação para a obtenção de preços menores em compras de maior escala.

É impossível para qualquer loja, obter sucesso sem ter um controle do seu estoque e isso não é algo tão complexo. Nesses casos, uma simples planilha de Excel pode ser a solução.

 

  1. Não calcular corretamente custos e precificar errado

 

Descobrir o quanto cobrar por seus produtos é uma arte exata. Por isso, é muito fácil ver empresas cometendo erros na hora de precificar sua mercadoria. Isso acontece porque, na maioria das vezes, os custos não estão aparentes, sendo diluídos ao longo de toda a operação. Mas nem por isso deixam de existir e, consequentemente, causar um belo prejuízo no fim das contas.

Por isso é tão importante definir as margens de lucro adequadas a cada um dos itens e, para realizar esses cálculos, é necessária a utilização das ferramentas adequadas.

Aí é que entra o trabalho de uma assessoria contábil, que tem prática, expertise e as ferramentas certas para realizar esse tipo de cálculo.

 

 

  1. Fazer uma gestão financeira ineficiente

 

Com a crise econômica e política que o país vem passando nos últimos tempos, grande parte das empresas passam por dificuldades financeiras. Mas culpar apenas a situação do mercado é, no mínimo, um exagero. Uma boa parcela desses casos poderia ser evitada com uma gestão financeira mais eficiente.

Quando dizemos “má gestão”, incluímos desde o não registro de despesas básicas ou de baixo custo, até a não consideração de custos ocultos em itens (como o transporte, comissionamento ou até mesmo a perda por mau acondicionamento).

Por isso, é de extrema importância que sua empresa registre toda e qualquer movimentação, além de contar com uma boa assessoria contábil para estar sempre atento ao seu fluxo de caixa e ao pagamento de contas e tributos.

 

 

  1. Não saber analisar dados contábeis

 

A maioria dos empresários possui vasto conhecimento em suas áreas de atuação, mas desconhecem alguns processos e aspectos financeiros importantes para a abertura e manutenção de uma empresa varejista. É por essa razão que uma das coisas mais importantes a se fazer é delegar essas tarefas para profissionais qualificados.

Contar com uma boa assessoria contábil é a cereja do bolo para todo varejista encontrar uma forma de reduzir seus custos operacionais.

 

Entre em contato conosco e descubra, além dessas dicas, como o Escritório Prado pode auxiliar com a contabilidade da sua loja!

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *